Palestrantes

por

Palestrantes

PALESTRANTES


  • Luis Mangi

    Luis Mangi é vice-presidente de Pesquisa no Gartner e membro do time de Aplicação Estratégica e Governança. Mangi tem 35 anos de experiência em TI e sua pesquisa se concentra em temas relacionados à estratégia, desafios dos CIOs e performance da organização. Isso envolve desenvolver um entendimento das melhores práticas na aplicação estratégica abrangendo tanto o pacote de aplicações como o desenvolvimento deles. Até aqui, sua pesquisa se concentrou em entender como as melhores práticas de TI irão refletir no Brasil e em outras economias das América Latina para apoiar os clientes globais do Gartner. Ele também considera como a pesquisa do Gartner precisa estar adaptada para atender às necessidades dos clientes da América Latina.


  • Alexandre Golin Krammes

    Alexandre Golin Krammes é autor do livro “Workflow em Processos Judiciais Eletrônicos” (LTr, 2010). Graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestre em Gestão do Conhecimento pela mesma instituição, possui 15 anos de experiência na concepção e na implementação de sistemas para Tribunais de Justiça.


  • Hevertom Fischer

    Formado em Processamento de Dados pela Furb, pós-graduado em Informática Aplicada à Gestão pela Univille e pós-graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral. Atua na área de TI há mais de 30 anos. Trabalhou por 18 anos na Sênior Sistemas e atualmente é ISV Cloud Advisor na IBM, tendo como objetivo principal divulgar as tecnologias da IBM.


  • Tiago Melo

    Graduado em Economia, é mestre em Gestão de Negócios pela Universidade de Liverpool, na Inglaterra, e doutor, na mesma área, pela Universidade de Salamanca, na Espanha. Na Softplan, esteve envolvido na estruturação de projetos de alto impacto para Tribunais. É responsável pelo Laboratório de Ciência de Dados da Unidade da Justiça, conduzindo a elaboração de estudos e análises e desenvolvendo soluções baseadas em Analytics, aprendizado de máquina, computação cognitiva e inteligência artificial.


  • Luciana de Oliveira Ramos

    Doutora em Direito Constitucional pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Ciência Política pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP). Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi pesquisadora visitante na Rutgers University (New Jersey), em 2014. Atualmente, é coordenadora de Pesquisa Jurídica Aplicada na FGV Direito SP. É professora do Programa de Pós-graduação Lato Sensu – GVlaw, além de pesquisadora do Núcleo de Justiça e Constituição e do Grupo de Pesquisa em Direito e Gênero da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV Direito SP). Integra a equipe de pesquisa Índice de Confiança na Justiça (ICJBrasil).


  • Alessandro Jannuzzi

    É gerente de Novas Tecnologias e Inovação da Microsoft. Acredita na coexistência de tecnologias e na parceria entre as comunidades de desenvolvedores, empresas e usuários. Possui mais de 20 anos de atuação na área de TI, com grande experiência em ambientes Linux e UNIX para aplicações de missão crítica. Participou e liderou diversos projetos de implementação de soluções Open Source em ambientes corporativos em áreas como Segurança da Informação, gestão de servidores e storages, alta disponibilidade e integração de dados. Nos últimos anos, concentra-se em projetar soluções baseadas em cloud computing para empresas que fomentam inovação e modelos disruptivos de negócio utilizando a plataforma Microsoft Azure.


  • André Tamura

    Fundador e diretor executivo da WeGov. Empreendedor público, entusiasta da inovação em governo e das mudanças sociais. Estudou Administração de Empresas e Ciências Econômicas. Desde que trabalhou como operário de fábrica no Japão, tem evitado as “linhas de produção” de produtos, de serviços e de pessoas.

Sobre o Autor

administrator